A automedicação e os riscos para a saúde

A automedicação e os riscos para a saúde

A automedicação é a prática de ingerir medicamentos por conta e risco próprio sem o acompanhamento de um profissional da saúde. A automedicação pode ter efeitos indesejados e imprevistos, pois o medicamento errado não só não cura como pode piorar a saúde. O uso incorreto de medicamentos pode causar consequências sérias, que vão desde a dependência até a intoxicação e a morte.Uma das preocupações frente à automedicação e ao uso indiscriminado de medicamentos é o risco de intoxicação. A intoxicação por medicamentos ocupa o primeiro lugar dentre as causas de intoxicação registradas em todo o país, à frente dos produtos de limpeza, dos agrotóxicos e dos alimentos estragados. Os analgésicos, os antitérmicos e os antiinflamatórios representam as classes de medicamentos que mais intoxicam.

O uso por conta própria de medicamentos pode causar:

  • Diagnóstico incorreto do problema de saúde.
  • Escolha da terapia errada.
  • Dosagem inadequada ou excessiva.
  • Utilização excessivamente curta ou prolongada do medicamento.
  •  Efeitos colaterais sérios.
  • Reações alérgicas.
  • Agravamento da doença, pois pode esconder sinais e sintomas importantes.
  • Dependência física e psicológica, como nos casos de antidepressivos e ansiolíticos.
  • Interações medicamentosas que ocorrem quando dois ou mais medicamentos são utilizados simultaneamente.

Ao surgirem sinais e sintomas de alguma doença:

  • Não use medicamentos por conta própria, procure primeiro um profissional da saúde.
  • Evite recomendações de vizinhos, amigos e parentes.
  • Na consulta, informe ao médico se você já utiliza algum medicamento ou fitoterápico.
  • No momento de adquirir um medicamento procure orientações do farmacêutico

O uso racional do medicamento atende ao paciente certo, dosagem certa, tempo determinado e custo ideal ao paciente.

No momento de adquirir medicamentos de venda livre, produtos considerados de baixo risco para tratar males menores e recorrentes, procure as orientações do farmacêutico na sua Farmácia.      

Fonte: Anvisa.gov.br

Ana Rita de Castro Guntzel

Farmacêutica CRF 7457

« voltar Recomendar/Indicar este conteúdo